Raiz de Davi
comentários

Estudo e Devocional Crescimento Espiritual



PRIMEIROS PASSOS PARA O CRESCIMENTO ESPIRITUAL
Como ter um momento significativo com Deus
Por Rick Warren
(Extraído e condensado do seu livro Dynamic Bible Study Methods)

Uma vez que você estiver convencido que um momento devocional diário é necessário para seu crescimento espiritual, como transformar isso em realidade? Pode ser que você esteja motivado a fazê-lo mas não sabe como.

Você necessita considerar os quatro elementos essenciais de um bom momento devocional:
•    Comece com a atitude correta.
•    Escolha uma hora específica
•    Escolha um local especial
•    Siga um plano simples de executar





COMECE COM A ATITUDE CORRETA

Aos olhos de Deus, a motivação com que você faz algo é muito mais importante do que a coisa em si.

Em uma ocasião Deus falou a Samuel assim: “O SENHOR, contudo, disse a Samuel: "Não considere sua aparência nem sua altura, pois eu o rejeitei. O SENHOR não vê como o homem: o homem vê a aparência, mas o SENHOR vê o coração.” (1 Samuel 16:7 NVI). È bem possível fazer a coisa certa mas com a atitude errada.

Esse foi o problema de Amazias porque “Ele fez o que o SENHOR aprova, mas não de todo o coração.” (2 Crônicas 25:2).

Quando se vai ao encontro de Deus, durante o momento devocional, deve se ter as seguintes atitudes corretas:

1.    Expectativa – Achegue-se diante de Deus com expectativa e entusiasmo. Espere ter um bom momento de comunhão com Ele e receba a benção desse tempo que passarão juntos. Foi isso que Davi aguardava: “Ó Deus, tu és o meu Deus, eu te busco intensamente” (Salmo 63.1).

2.    Reverência – Não se afobe para entrar na presença de Deus; pelo contrário, prepare seu coração para aquietar-se diante dEle e deixar a quietude limpá-lo dos pensamentos do mundo. Escute o profeta Habacuque: “O SENHOR, porém, está em seu santo templo; diante dele fique em silêncio toda a terra” (Habacuque 2.20; veja também Salmo 89.7). Achegar-se à presença de Deus não é como ir a um jogo de futebol ou a algum outro tipo de entretenimento.

3.    Estar Alerta – Em primeiro lugar, esteja totalmente desperto. Lembre-se que você está se encontrando com o Criador, que fez a terra e os céus, o Redentor dos homens. Esteja totalmente descansado e alerta. A melhor preparação para um momento devocional de manhã começa na noite anterior. Vá para a cama cedo a fim de que, pela manhã, possa se estar bem disposto para ter um encontro com Deus: Ele merece toda a sua atenção.

4.    Desejo de obedecer – Essa atitude é crucial: não venha para seu momento devocional escolhendo que vai fazer ou não, mas, com o propósito de fazer qualquer coisa ou tudo aquilo que Deus queira que você faça. Jesus disse: “Se alguém decidir fazer a vontade de Deus, descobrirá se o meu ensino vem de Deus ou se falo por mim mesmo.” (João 7.17). Dessa forma, venha encontrar-se com o Senhor já tendo decidido realizar Sua vontade, não importa o quê.






SELECIONE UM MOMENTO ESPECÍFICO

O momento específico diz respeito à hora e a duração de seu devocional. A regra geral é essa: O melhor momento é quando se está em sua melhor hora do dia! Dedique a Deus as melhores horas do seu dia – quando estiver mais bem-disposto e mais desperto. Não tente servir a Deus com suas sobras (o tempo que sobra). Lembre-se também que sua melhor hora pode ser diferente da hora de outra pessoa.

Para a maioria, contudo, cedo de manhã parece ser a melhor hora. Jesus mesmo tinha essa prática de se levantar cedo para orar e ter um encontro com o Pai: “De madrugada, quando ainda estava escuro, Jesus levantou-se, saiu de casa e foi para um lugar deserto, onde ficou orando.” (Marcos 1.35).

Na Bíblia, muitos homens e mulheres de Deus se levantavam cedo para ter um encontro com Deus. Alguns deles eram:

•    Abraão – Gênesis 19.27
•    Jó – Jó 1.5
•    Jacó – Gênesis 28.18
•    Moisés – Êxodo 34.4
•    Ana e Elcana – 1 Samuel 1.19
•    Davi – Salmos 5.3, 57.7-8
(veja também Salmo 143.8; Isaías 26.9 e Ezequiel 12.8)

Através da história da igreja, muitos dos cristãos que mais foram usados por Deus encontravam-se com Ele cedo de manhã. Hudson Taylor diz: “Não se afinam os instrumentos depois que o concerto acabou. Isso é tolice. O lógico é afiná-los antes de começar”.

O grande reavivamento entre os universitários ingleses no final do século XIX começou com essa frase histórica: “Lembre-se da Vigília da Manhã!” Assim, você precisa estar afinado no início de cada dia ao nos lembrarmos da Vigília da Manhã.

Se Jesus realmente está em primeiro lugar nas nossas vidas, devemos dar a Ele a primeira porção de nosso dia. Devemos buscar em primeiro lugar o Seu Reino (vide Mateus 6.33). Os médicos nos dizem que a refeição mais importante do dia é o café da manhã. Isso freqüentemente determina nossos níveis de energia, prontidão e mesmo qual será nosso humor no dia. Da mesma forma, precisamos de um “café da manhã espiritual” para começarmos nosso dia bem.

E por final, pela manhã nossas mentes não estão cheias das atividades do dia. Nossos pensamentos estão renovados, estamos descansados, as tensões ainda não nos atingiram e, normalmente, é a hora mais calma. Uma certa mãe de família faz o seguinte: ajusta o alarme para as 4 horas da manhã, faz seu devocional, volta para a cama e depois acorda novamente juntamente com todos da casa. Sua explicação para isso é que com as crianças ao redor da casa o dia todo, cedo de manhã é o único momento quando tudo está quieto e ela pode estar a sós com Deus. Isso funciona para ela e você também precisa escolher uma hora que vai funcionar para você.

Você pode até mesmo levar em consideração fazer dois devocionais (manhã e noite). Dawson Trotman, fundador do ministério Navegadores, costumava ter códigos de letras para seu devocional noturno: HWLW. Toda vez que ele estava com um grupo de pessoas de noite, ou em casa com sua esposa, e a conversa parecia estar no final, ele dizia: “Tudo bem, HWLW”. HWLW quer dizer “His Word the Last Word” (Sua Palavra, a Última Palavra), e ele praticava isso através dos anos como uma maneira de terminar o dia com os pensamentos fixos no Senhor (Betty Lee Skinner, Daws, Zondervan, 1974, p. 103).

Stephen Olford, um grande cristão e ministro na cidade de Nova York por muitos anos, disse: “Quero escutar a voz do Senhor antes da voz de qualquer pessoa de manhã e a dEle é a última que desejo escutar de noite”.

Davi e Daniel até mesmo se encontravam com o Senhor três vezes ao dia (vide Salmo 55.17; Daniel 6.10).

Seja qual for a hora que você escolher, seja consistente. Programe isso no seu calendário: agende um encontro com o Senhor assim como o faria com qualquer pessoa. Marque um encontro com Jesus! Depois disso, espere ansiosamente por esse encontro e não deixe que Ele fique esperando. Ficar plantado, esperando pelo encontro que não aconteceu, não é uma experiência agradável para nós e nem Jesus gosta de ficar plantado esperando. Assim, marque um encontro com Ele e o cumpra a todo custo.

Freqüentemente, a pergunta feita é: “Quanto tempo devo passar com o Senhor?”. Se você nunca teve um momento consistente de devocional antes, comece com sete minutos (Robert D.Foster, Seven Minutes With God, NavPress, 1997) e deixe que ele aumente naturalmente. No final, você deve almejar não gastar menos de 15 minutos por dia com o Senhor. Das 168 horas que todos temos numa dada semana, 1 hora e 45 minutos parece terrivelmente pouco quando se considera que você foi criado para ter comunhão com Deus. Aqui estão mais algumas diretrizes:

•    Não tente fazer um devocional de 2 horas no começo. Você só vai ficar desanimado. Como em qualquer outro relacionamento, você também deve crescer nesse. Assim, comece sendo consistente com os sete minutos e deixe isso se desenvolver. É melhor ser consistente com um período curto do que ter uma hora a cada duas semanas.
•    Não fique olhando o relógio. Ficar olhando para o relógio pode arruinar seu período devocional mais rapidamente do que, praticamente, qualquer outra coisa. Decida-se sobre o que pode fazer na Palavra e oração durante a hora que escolheu e então o faça. Às vezes isso vai levar mais tempo do que aquele que você planejou, e às vezes menos tempo. Mas, não fique olhando para o relógio.
•    Não tenha ênfase na quantidade, enfatize a qualidade. Não há nada super-espiritual em fazer um devocional de 2 horas: é o que você faz nesse momento – seja 15 minutos, 2 horas ou qualquer período entre esses- que é importante. Busque um relacionamento de qualidade com o Senhor.





ESCOLHA UM LOCAL ESPECIAL

O local onde você faz seu devocional também é importante. A Bíblia mostra que Abraão  tinha um lugar certo para se encontrar com Deus (Gênesis 19.27). Jesus tinha o costume de orar no Jardim do Getsêmane, no Monte das Oliveiras: “Como de costume, Jesus foi para o monte das Oliveiras, e os seus discípulos o seguiram.” (Lucas 22.39, com ênfase acrescentada).

Esse deve ser um local isolado, onde você possa estar a sós, quieto e onde não será perturbado ou interrompido. No barulhento mundo ocidental de hoje, pode ser necessário alguma criatividade, mas, é algo necessário. Deve ser um local...

•    Onde você possa orar em voz alta sem perturbar os outros;
•    Bem iluminado, para leitura (talvez com uma mesa);
•    Onde se sinta confortável. (ADVERTÊNCIA: Não faça seu devocional na cama. Isso seria confortável demais!)

Seu local deve ser especial. Seja onde for o local que você decida se encontrar com o Senhor, faça dele um local especial para você e para Ele. Conforme os dias passarem, esse local vai ter um significado muito importante para você por causa dos momentos maravilhosos que lá teve com Jesus Cristo.

Seu local deve ser sagrado. Lá é onde você se encontra com o Deus vivo. O local onde você se encontra com o Senhor pode ser tão santo quanto aquele onde Abraão se encontrava com Deus. Não é necessário estar num templo. Algumas pessoas faziam seus devocionais em carros estacionados em um local tranqüilo, em um closet vazio, no quintal e mesmo no abrigo de um campo de baseball. Cada um desses lugares se tornou sagrado para essas pessoas.





SIGA UM PLANO SIMPLES DE EXECUTAR

Alguém disse: “Se você apontar para o nada, com certeza vai acertar!”. Para ter um momento devocional significativo, vai precisar de um plano ou algum tipo de diretriz geral para seguir. A regra principal é essa: Mantenha seu plano simples.

Você vai precisar dos três itens a seguir para seu planejamento devocional:

•    Uma Bíblia – uma tradução contemporânea (não é uma paráfrase) bem impressa e de preferência sem comentários.
•    Um caderno de anotações para escrever aquilo que o Senhor lhe mostrar e para uma lista de oração.
•    Um livro de cânticos – às vezes você vai desejar cantar em seu momento de louvor (vide Colossenses 3.16).


1.    Espere em Deus (Relaxe). Fique quieto por um minuto; não venha afobado à presença de Deus para imediatamente começar a falar. Siga o conselho de Deus:

•    “Aquietai-vos, e sabei que eu sou Deus” (Salmo 46.10 ARA; veja também Isaías 30.15; 40.31). Aquiete-se por um momento enquanto se coloca em atitude de reverência.

2.    Ore de maneira breve (Pedidos). Esse não é seu momento de oração, mas, uma curta oração de abertura para pedir a Deus que limpe seu coração e o guie durante esse momento que passarão juntos. Dois versículos bons para memorizar são:

•    “Sonda-me, ó Deus, e conhece o meu coração; prova-me, e conhece as minhas inquietações. Vê se em minha conduta algo te ofende, e dirige-me pelo caminho eterno.” (Salmo 139.23-24; vide também 1 João 1.9).
•    “Abre os meus olhos para que eu veja as maravilhas da tua lei [a Palavra].” (Salmo 119.18; vide também João 16.;13).

3.    Leia um trecho das Escrituras (Leitura).
Você precisa estar afinado com o Autor antes de poder compreender Seu livro!
Aqui é onde começa sua conversa com Deus. Ele fala com você através da Sua Palavra, e você fala com Ele em oração.



Leia Sua Bíblia...

Devagar. Não tenha pressa; não tente ler uma porção muito extensa; não corra na leitura.

Repetidamente. Leia a passagem muitas vezes até que comece a visualizá-la na mente. A razão porque muitas pessoas não extraem muito de suas leituras Bíblicas é que não lêem as Escrituras repetidamente.

Sem parar. Não pare no meio de uma sentença para sair pela tangente e fazer um estudo doutrinário. Leia aquele trecho pelo puro prazer de lê-lo, permitindo que Deus fale com você. Lembre-se que o alvo aqui não é obter informação mas se alimentar da Palavra e conhecer melhor a Cristo.

Pronunciando as palavras em voz baixa. Ler em voz alta vai aumentar a sua concentração, se for esse o seu problema. Isso também vai ajudá-lo a compreender melhor aquilo que está lendo porque vai ver e escutar ao mesmo tempo. Contudo, leia de maneira suave para não perturbar ninguém.

Sistematicamente. Leia um livro de cada vez, em ordem. Não use o método aleatório de escolha de passagens: uma passagem aqui, outro capítulo lá, o que você gosta aqui, uma passagem interessante lá. Vai compreender melhor a Bíblia se lê-la da maneira como foi escrita – um livro ou carta de cada vez.

Dar uma passada rápida em um livro. Em algumas ocasiões você pode desejar pesquisar um livro inteiro. Nesse caso você vai lê-lo rapidamente para dar uma varrida em todo o trecho. Depois, precisa lê-lo devagar ou repetidamente.

4. Medite e decore (Reflita e relembre). A fim de que as Escrituras falem com você de maneira significativa, precisa meditar naquilo que está lendo e memorizar versículos que falaram com você de maneira particular. Meditação é “contemplar seriamente um pensamento muitas vezes em sua mente”. Da sua meditação você pode selecionar e memorizar um versículo que tenha um significado particular.

5. Escreva aquilo que Deus lhe mostrou (Registrar). Quando Deus fala com você através da Sua Palavra, registre aquilo que você descobriu. Anotar isso vai possibilitá-lo a lembrar-se daquilo que Deus lhe revelou e também para examinar suas descobertas bíblicas. Registrar aquilo que Deus lhe mostrou é uma maneira de aplicar aquilo que você leu nas Escrituras e que dizem respeito à sua vida.

6. Faça seu momento de oração (Pedidos). Depois de Deus ter falado com você através de Sua Palavra, fale com Ele em oração. Essa é a sua parte da conversa com o Senhor.



CONCLUSÃO

E se eu pular um dia? Não se preocupe se isso acontecer ocasionalmente. Não se sinta culpado. “Portanto, agora já não há condenação para os que estão em Cristo Jesus” (Romanos 8.1).

Não seja legalista pelo fato de ter pulado um dia. Isso não quer dizer que tenha fracassado. Mas, não desista. Se você pular uma refeição não significa que deve desistir de comer por causa de sua inconsistência. Você pode simplesmente comer um pouco mais na próxima refeição e seguir adiante. Esse mesmo princípio é verdadeiro com seu devocional.

Os psicólogos nos contam que normalmente são necessárias 3 semanas para que nos acostumemos com um uma nova tarefa ou hábito; e leva mais três semanas para que isso se torne um hábito. A razão porque muitas pessoas não são bem sucedidas em seus momentos devocionais é  porque nunca quebraram a barreira das seis semanas. Para que seu momento devocional se torne um hábito, é preciso que você o tenha feito diariamente nos últimos seis meses.

William James tinha uma fórmula famosa para desenvolver um hábito (Selected Papers on Philosophy , E. P. Dutton & Co., 2000, páginas 60-62).

1.    Tome uma resolução firme (faça um voto). Deve-se sempre começar com uma iniciativa firme. Se você não começar totalmente motivado, nunca vai conseguir. Faça uma declaração pública, contando aos outros sobre suas decisões.

2.    Nunca permita que uma exceção ocorra até que o novo hábito esteja seguramente enraizado na sua vida. Um hábito é como uma bola de barbante. Toda vez que você a derruba, muitos fios são desenrolados. Assim, nunca permita que “só dessa vez” ocorra. O ato de complacência enfraquece a vontade e fortalece a falta de domínio próprio.

3.    Aproveite toda oportunidade e inclinação para praticar seu novo hábito.
Toda vez que você sentir o menor anseio de praticar seu novo hábito, faça-o naquele exato momento. Não espere, ao contrário, use cada oportunidade para reforçar seu hábito. Não faz mal exagerar no novo hábito quando se está começando.

Além dessas sugestões, acrescentaria mais uma:

4.    Dependa do Poder de Deus. Quando tudo for dito e feito, precisa perceber que se está em uma batalha espiritual e que só se pode ter sucesso pelo poder do Espírito Santo de Deus. Assim, ore para que Deus o fortaleça e dependa dEle para lhe ajudar a desenvolver esse hábito para Sua glória.




ORAÇÃO DE COMPROMISSO
Se você foi convencido que é isso que necessita fazer, ore assim:
“Senhor, eu me comprometo a investir um tempo específico contigo diariamente; seja o que custar. Estou dependente da Sua força para me ajudar a ser consistente.”



Fonte:
Esse artigo foi adaptado do Dynamic Bible Study Methods (Chariot Victor Books, 1989) por Rick Warren. ©Copyright 2004. Usado com permissão. Todos os direitos reservados.

*Todas as referências bíblicas extraídas da Nova Versão Internacional, exceto quando especificado.

Você pode usar esse estudo para você mesmo ou compartilhar com amigos, mas, por favor, mantenha a informação de direitos autorais dentro do documento e não venda.

Comentários
0 Comentários

comentários:

Postar um comentário

Não serão aceitos comentários sem identificação.

 
Exibir/Esconder
Top