Raiz de Davi
comentários

Blog Day 2008 - Quanto vale a graca?

Este post foi originalmente publicado no blog Cachola Cristã como o título Quanto vale a graça?.
Ele está sendo publicado aqui com autorização e por causa que o autor demonstrou interesse em participar do Blog Day Cristão 2008 realizado nesse Blog.
Caso queira comentar o texto no blog do autor clique aqui.




Muitas doutrinas mundanas podem pregar o perdão, respeito, amor, fraternidade, etc. Mas a característica distintiva do Evangelho de Cristo é a graça (favor imerecido de Deus para conosco).

A Salvação vem de Deus, através da fé. Não vem de nós nem das nossas obras, até porque nada que possamos fazer vai colaborar para que tenhamos algum mérito diante de Deus.

Então, por que muitas pessoas ainda tentam negociar com Deus? Quanto vale a graça? Com quantos dízimos se compra a Salvação? Acredito que ainda não entenderam o que é graça (seja por falta de interesse em procurar aprender ou por terem sido ensinadas de forma errada).

Há outro ponto complicado quando o assunto é graça. Alguns acham que a Salvação é conquistada a cada dia (hoje posso estar salvo e amanhã não). Ora, como algo que é dado gratuitamente por Deus pode ser conquistado? Seria uma incoerência tremenda.

Alguém pode perguntar: "então quer dizer que se eu estou salvo, eu posso pecar o quanto quiser, sem medida, pois não perderei a minha salvação?"

Não. Não podemos sair pecando! O detalhe é que quando somos salvos, pela fé em Cristo Jesus, há transformação. Passamos a ser Templo do Espírito Santo, sendo conduzidos sempre a andar nas boas obras, segundo os preceitos de Deus, fugindo do pecado, evitando as transgressões, buscando capacitação, perseverando na Palavra, somos nova criatura!

Imagine várias peças de dominó em pé, uma após a outra, formando um caminho de dominós. Se nós derrubarmos o primeiro dominó, daremos início a uma reação em cadeia.

Agora imagine a sua fé como sendo o primeiro dos dominós. A fé dará inicio a uma reação em cadeia. O próximo dominó seria a Salvação, e a partir daí, tudo que é dito como ordenança ou preceito de Deus, você fará e respeitará naturalmente. Por isso entendo a Salvação como sendo única. Uma vez salvo pela graça de Deus, salvo para sempre.

8 Porque pela graça sois salvos, por meio da fé; e isto não vem de vós, é dom de Deus.
9 Não vem das obras, para que ninguém se glorie;
10 Porque somos feitura sua, criados em Cristo Jesus para as boas obras, as quais Deus preparou para que andássemos nelas.
(Efésios 2:8-10)

17 E, vindo, ele evangelizou a paz, a vós que estáveis longe, e aos que estavam perto;
18 Porque por ele ambos temos acesso ao Pai em um mesmo Espírito.
19 Assim que já não sois estrangeiros, nem forasteiros, mas concidadãos dos santos, e da família de Deus;
20 Edificados sobre o fundamento dos apóstolos e dos profetas, de que Jesus Cristo é a principal pedra da esquina;
21 No qual todo o edifício, bem ajustado, cresce para templo santo no Senhor.
22 No qual também vós juntamente sois edificados para morada de Deus em Espírito.
(Efésios 2:17-22)

Espero que todos busquemos a fé genuína. Aquela que renova o nosso ser, que transforma o velho homem em outro completamente distinto do anterior, que nos faz testificar da glória de Deus.
Comentários
0 Comentários

comentários:

Postar um comentário

Não serão aceitos comentários sem identificação.

 
Exibir/Esconder
Top